Publicado em

3 Tipos de Gordura: Trans, Saturadas e Monossaturadas (Diferenças)

gorduras

  • Alimentos gordurosos o que devo saber?

  • Existem alimentos que devemos evitar?

  • Quais problemas podem causa?

É importante dizer que praticamente todo alimento contem gordura, seja boa ou má, mais como costumo dizer é importante termos conhecimento, para saber como tratar e prevenir, qualquer problema que nossa saúde apresentar.

O essencial no caso da gordura e comermos apenas gorduras boas, assim nosso organismo poderá absorver mais eficientemente os nutrientes, para que nosso corpo possa liberar mais saúde.

É muito fácil eu falar para você, pois os alimentos na sua grande maioria contem gordura. O que nós precisamos é ficarmos atentar aos seus níveis e qual tipo de gordura tem no alimento, para uma boa saúde com mais tempo de vida.

Como saber que gordura eu posso comer?

Estamos em dias que as informações estão em nossas mãos, basta clicar e saberemos quanto exatamente cada alimento nos oferece de nutrientes e gorduras.

A tecnologia nos oferece uma grande e infinita fonte de conhecimento, sobre tudo que desejamos neste caso a gordura.

O problema, no entanto não esta na informação e sim em entender como isto nos ajudara.

Você vai ao mercado e todo alimento te oferece às informações nutricionais, alguns como a barrinha de cereal, por exemplo, contem cerca de 2g de gorduras totais.

Ai que vem a pergunta, como saber se este alimento de verdade eu posso comer, como saber se esta gordura é boa ou não.

Saiba mais sobre alimentos saudáveis: Homem Verde

Tipos de gorduras

A grande maioria dos alimentos apresentam gorduras e elas precisam ser boas para nós.

1. Gorduras trans

Esta gordura é má para nossa saúde e deve ser evitada ao máximo, ela é produzida de duas maneiras, animal ou industrial e ambas são resultado de processos químicos.

No caso animal é feita dentro do estômago do animal e a segunda é quando a gordura é misturada com adição de hidrogênio, para serem modificados em um estado sólido.

Para que você entenda esta gordura é colocada nos alimento para melhorar seu aspecto e uma durabilidade maior.

Esta gordura é muito usada pela indústria e cada vez mais.

Porém esta gordura não é boa para nosso organismo, ela é responsável pelo alimento do colesterol em nosso corpo, pois não pode ser completamente digeridas, e por vez diminui a gorduras boas.

A gordura trans depois de ingerida ela fica em nosso organismo e não sai. Uma armadilha aplicada pela indústria, pois está gordura já é conhecida e esta no fator de chamá-la de gordura vegetal ou gordura hidrogenada.

Os alimentos industrializados apresentam esta gordura e em alguns casos o dobro de gordura indicado a uma pessoa.

A organização mundial de saúde indica que 1% desta gordura deve estar contida em cada alimento, para você ter uma ideia 1% de 2000 calorias corresponde a cerca de 2 gramas de gordura trans que é mais do dobro que nosso corpo suportaria por dia.

Quando queremos perder peso buscamos certos alimentos, mas mesmo aquele biscoito de água e sal, que usamos para perder peso, na verdade este biscoito tem um alto índice da gordura.

Sim, todos os alimentos industrializados possuem esta gordura, o chocolate, a maionese mesmo aquela comida light, ou aquele congelado ou o grelhado.

Os malefícios que a gordura trans apresenta por grudar nas veias e artérias são infartos, derrame, além da obesidade, eleva o colesterol, provoca inflamação corporal.

Para você que quer mais qualidade de vida abandonar os industrializados é sinônimo de uma vida longa e saudável.

A indicação aqui é buscarmos substituir os industrializados por naturais, no preparo das comidas, e no caso da fritura priorize os óleos de origem vegetal como óleo de soja ou canola.

2. Gorduras saturadas

Esta gordura você pode encontrar em alimentos de origem animal, ela é uma gordura ruim para nosso corpo também.

A pior parte é que a encontramos em alimentos que costumamos usar para eliminar peso e ter uma absorção pelo organismo melhor, como a carne branca por exemplo.

Aquela margarina usada para grelhar tem pouca gordura trans porém alta taxa de gordura saturada.

Leite e derivados integrais bem como o azeite de dendê, são ricos nessa gordura.

Os malefícios que esta gordura produz também é devastador, impedem o fluxo sanguíneo, provocando problemas cardíacos, no cérebro provocando inclusive um AVC.

Além disso, ela gruda nas paredes do organismo e veias causando a diabetes e a obesidade, impedindo absorção de nutrientes e eliminação do organismo.

A indicação é substituir derivados do leite integral por desnatado, usar queijo branco e evitar carne vermelha comendo mais, por exemplo, o peixe.

3. Monossaturadas e insaturadas

Estas gorduras são boas ao nosso corpo, estão presentes em vegetais e grãos, seus óleos e gorduras produzem ações benéficas para nossa vida.

São auxiliar na redução do colesterol, protetores do coração, pois favorecem o trânsito de nutrientes, liberando a passagem de sangue entre as artérias o que previne infarto.

Além disso, encontramos por exemplo os ácidos graxos que tanto precisamos para nosso corpo, que são fonte de vidas para o corpo.

Encontramos estes ácidos, por exemplo, no Ômega 3 e 6, que estão em carnes, leite, ovos e na sardinha.

Estas gorduras previne, por exemplo, a osteoporose, produz uma desintoxicação do corpo e um emagrecimento natural.

É indicado a quem quer aumento de massa muscular, pois o Ômega fortalece a musculatura corporal e seus tecidos.

As reações da gordura em nosso corpo

Algum desconforto que a gordura pode causar em nós é o intestinal. Alimentos como carne vermelha demora mais tempo para ser processado em nosso corpo.

O ideal é evitarmos a carne vermelha especialmente no período noturno. Se você é um amante da carne, busque, por exemplo, bebidas que aceleram o metabolismo.

Algumas pessoas atribuem comer certos alimentos com gorduras a acne. Todavia não há relação, na verdade nosso corpo produz certa quantidade de gordura.

O fator de surgimento da acne ou espinha acontece por uma alta produção de gordura do nosso corpo.

Quando esta quantidade anormal sai fecham os poros e mantém células mortas dentro dele, causando a espinha e os cravos.

A má higienização bem como uma vida sedentária pode ajudar e muito nisto, pois nosso corpo necessita eliminar as toxinas para evitar esta produção descontrolada de gordura.

Para uma gravidez saudável o ideal e se abster por completo de alimentos processados e industrializados, buscando alimentos mais naturais possíveis.

Os médicos costumam avisar sobre isto antes de uma gravidez e a dica é a mesma na gestação e após ela.

Os problemas de saúde que mencionamos podem afetar diretamente a mãe e o bebê, além de uma gestação desconfortável.

Ingerir frutas verduras e alimentos preparados naturalmente pode significar um parto seguro.

No caso da gordura não encontramos grupos, todos são prejudicados de igual modo a única diferença é o tempo, então mude sua vida mude sua alimentação.

Eu quero convidar você a comentar, elogiar, criticar e deixar suas dúvidas. Garanto que iremos ler e responder a todos.

 

Publicado em

Maca Peruana para que serve, Benefícios, Como tomar

maca peruana goldsnutrition milagre dos andes

Apelidada de Milagre do Andes, Maca estimula o desejo sexual e retarda o envelhecimento, aumenta a quantidade de espermatozoides nos homens e nas mulheres faz diminuir a mortalidade dos embriões, aumentando assim a fertilidade.  É um super alimento que cresce a mais de 4700  metros de altitude, ficou tão popularmente conhecida que hoje em dia gera uma receita de 7 milhões de dólares por ano no peru.

Homens e mulheres, que querem ou precisam melhorar sua libido e disposição, Neste artigo vamos falar sobre a Maca Peruana, este suplemento fitoterápico referido como viagra natural que vem ganhando ganhando cada vez mais popularidade por possuir inúmeros benefícios, como aumento da líbido e emagrecimento. Mas antes de falarmos sobre para que serve a maca peruana, maca peruana benefícios e maca peruana como tomar preciso que você saiba o que  a maca peruana não é um hormônio e sim um alimento, por isso, não deixe de ler o que é maca peruana.

O que é Maca Peruana?

A raiz de maca peruana é uma raiz, que cresce nas montanhas do Peru em altitudes elevadas de 7.000 a 11.000 pés, tornando-se a planta de maior altitude no mundo. A Maca Peruana é um vegetal crucífero semelhante ao rabanete que está relacionado com a família da batata, e é um tubérculo.

A raiz em si possui cerca de 3 a 6 centímetros de largura e 4,7 centímetros de comprimento. Existem 4 tipos de raiz de Maca Peruana, baseados na cor da raiz, que pode variar de amerelo cremoso ou rosa claro a roxo escuro ou preto.

Ok, agora que você já sabe que a maca peruana é uma raiz, deve estar se perguntando em relação ao suplemento fitoterápico de maca peruana. Então, é através da raiz que é extraído o pó da maca peruana, e através desse pó, que é feito o encapsulamento dos suplementos de cápsulas de maca peruana. Você acha para comprar tanto a maca peruana em pó como em cápsulas.

O que é maca peruana: Diferença entre consumir maca em pó X maca em cápsulas

O pó de maca não se dissolve bem, e para muitas pessoas não tem um gosto muito agradável. Por esse motivo é muito melhor e mais prático consumir a maca peruana em cápsulas.

Quimicamente falando a Maca Peruana  contém quantidades significativas de aminoácidos, carboidratos e minerais, incluindo cálcio, fósforo, zinco, magnésio, ferro, bem como vitaminas B1, B2, B12, C e E. Maca peruana também inclui um número de glicosídeos.

Maca Peruana para que serve?

A maca peruana é um alimento afrodisíaco, e  é usada principalmente como um tônico natural, melhorar sua asiedade, o que pode reduzir a compulsão por doces. A maca peruana aumenta a produção de testosterona

Maca Peruana para que serve: ajuda a engravidar?

Como complemento nutricional, a Maca peruana generalizou os efeitos tônicos no funcionamento bioquímico do corpo humano. O principal desses efeitos é o aumento da função endócrina. O sistema endócrino inclui todas as glândulas e os hormônios que secretam, que existem no corpo e controlam condições como fertilidade, função sexual, digestão, fisiologia do cérebro e do sistema nervoso e níveis de energia. A regulação hormonal é responsável por todos os atributos fisiológicos que nos permitem desfrutar da miríade de sensações de estarmos vivos vivos, incluindo aqueles relacionados à excitação sexual, atividade física e estados de ser mental-emocional. Raiz de maca também tem sido chamado de um adaptogen, o que significa que aumenta a capacidade do corpo para se defender contra o enfraquecimento físico e mental, portanto, doença em potencial.

Maca Peruana para que serve: uso mais comum

Tradicionalmente, a maca tem sido usada para vários propósitos, o que pode diferir para homens e mulheres. Por exemplo, as mulheres descobriram que isso ajuda a aliviar os sintomas da TPM e da menopausa. As mulheres tendem a notar um declínio dramático em ondas de calor e suores noturnos. Os homens o usaram para melhorar a fertilidade e a função sexual. Usuários de raiz de maca tendem a obter uma variedade de benefícios de acordo com suas necessidades individuais. No entanto, homens e mulheres descobriram que aumenta significativamente a libido e o desejo sexual, aumenta a energia, a resistência e a sensação de bem-estar geral. De fato, recentemente, a Maca tem sido usada como uma excelente alternativa aos esteróides anabolizantes entre os atletas que procuram hipertrofia muscular. Ao contrário de muitas outras substâncias que aumentam a energia e os músculos, como os esteróides anabolizantes.

Maca Peruana Benefícios para os homens:

  • Aumenta a energia (Fadiga Crônica)
  • Trate a disfunção sexual (Perda de Libido)
  • Aumenta a resistência e o desempenho atlético
  • Nutre o sistema glandular
  • Melhoramento da fertilidade
  • Melhora o bem-estar físico e emocional
  • Promove a clareza mental
  • Equilíbrio hormonal

Maca Peruana Benefícios para as mulheres:

  • Tratar PMS (Mood Swings)
  • Menopausa alívio dos sintomas (Hot Flashes)
  • Estimulação sexual
  • Nutre o sistema glandular
  • Alternativa HRT (Terapia de Reposição Hormonal)
  • Aumenta a resistência e desempenho atlético
  • Aumenta a energia (Fadiga Crônica)
  • Equilíbrio hormônios

 

 

 

Publicado em

17 Dicas para Melhorar a Digestão dos Alimentos

1*) Combinar os alimentos

2°) Evitar líquidos durante as refeições (quando você mastiga, você não bebe nem água: tomar dois copos de água meia hora antes do almoço e quinze minutos antes, tomar 2 xícaras de chá amargo).

3*) Saladas folhas não devem ser temperadas com nada (nem sal); os frutos hortícolas (tomate, chuchu, abobrinha, pimentão…) serão temperados apenas com sal e azeite e as raízes (cenoura, nabo, rabanete, beterraba…) com azeite, alho e sal ou maionese de leite de soja.

4*) Não comer sobremesas doces após as refeições, nem mesmo as adoçadas com mel, porque o açúcar impede a liberação da ptialina (enzima que transforma o amido e os carboidratos em açúcar maltose) e causa fermentação. Não comer frutas e verduras na mesma refeição

5*) Não usar limão (https://homemverde.com/tipos-limao/) nem vinagre, nas saladas de folha, nem no quibe. nem nas outras saladas, porque a menor quantidade de acidez, destrói a ptialina. 6 o ) Evitar todos os enlatados, por causa dos conservantes.

7  ) Mastigar bem os alimentos, até que estejam bem ensalivados. pois quanto maior a insalivação, maior a produção da ptialina e, conseqüentemente, melhor digestão.

6 ) Não comer: proteína animal com amidos (por exemplo ovo com pão, ricota com pão, pizza com queijo), substitua o queijo pelo catupiry vegetal.

9*) Para uma perfeita digestão, evite comer amidos e doces na mesma refeição: por exemplo, pão com geléia. pão com mel. sobremesas doces.

10′) Não ingerir amidos com frutas ácidas; por exemplo, sanduíches e suco de laranja, caju, carambola, framboesa, acerola… ‘ Acompanhar o sanduíche com uma salada de frutas: mamão, caqui, figo, maçã. suco de uva, só para molhar as frutas (a banana não combina com amidos: aveia (https://homemverde.com/aveia-gluten/) , arroz. pão).

11*) Não ingerir amidos com gordura: por exemplo, pão com manteiga ou margarina ou frituras, porque a gordura impermeabiliza o amido dificultando a ação dos sucos digestivos.

* Substituir a manteiga de leite de vaca e a margarina por maionese de leite de soja (o óleo usado para a sua preparação é vegetal, e batido com leite de soja. toma-a hidrogenada, de fácil digestão).

12) Não ingerir frituras, de espécie alguma. ‘ Por quê? Porque o oxigênio do ar em contato com a alta temperatura do óleo forma o pior dos radicais livres em nosso organismo.

13) Abolir o álcool; tudo que contenha álcool, principalmente as bebidas fermentadas (vinho, cerveja, champanhe).

14) Evitar café. chá mate e chá preto, porque o alto teor de cafeína destas bebidas toma-as tóxicas e estimulantes.

15) Evitar o chocolate, por causa da teobromina, que acelera as batidas do coração.

16} Acima de tudo, comerem um ambiente tranqüilo.

17*) Agradeça à Deus e peça a bênção sobre o alimento.

Publicado em

Ginkgo Biloba: o que é, o que faz, benefícios

ginkgo-biloba-goldsnutrition-suplementos-artigo

Ginkgo Biloba: o que é?

Esta erva chinesa antiga é um extrato feito da folha da árvore de Ginkgo. É o extrato de planta mais bem documentado usado para apoiar a função cerebral – existem mais de 1.000 estudos de Ginkgo Biloba de todo o mundo. O consenso é que o Ginkgo ajuda muitas pessoas a melhorar uma série de funções cerebrais. Demonstrou-se que ele minimiza os problemas de memória relacionados à idade (afetando o aprendizado, a memória de curto prazo e a evocação), problemas de concentração e distração. Também pode ajudar a aliviar tonturas e vertigens, que muitas vezes acompanham o esquecimento, e zumbido (zumbido nos ouvidos). Um estudo de 1995 descobriu que altas doses de Ginkgo também ajudaram pacientes com Alzheimer. Outro estudo muito rigoroso publicado em 1997 no Journal of American Medical Association duplicou esses resultados: Os pacientes que tomaram Ginkgo por um mês tiveram melhor memória e atenção; Essa melhora foi ainda mais notável quando os pacientes tomaram a erva por três meses. No entanto, muitos especialistas acreditam que sua contribuição mais significativa pode ser como preventivo do declínio cognitivo do que como tratamento. Ginkgo é muito popular na Alemanha e na França, onde mais de 10 milhões de prescrições são escritas todos os anos; nos Estados Unidos, está disponível sem receita médica.

Ginkgo Biloba: o que faz?

Ginkgo parece realizar seus muitos milagres de várias maneiras. Em primeiro lugar, aumenta a circulação do sangue para o cérebro, o que melhora o suprimento de oxigênio, nutrientes e glicose. Isso permite que os neurônios criem a energia e outras reações químicas que você precisa pensar e lembrar. Também aumenta a circulação para o ouvido interno, explicando assim o seu poder para ajudar a curar o zumbido e a tontura, um mau funcionamento dos nervos do ouvido. Em segundo lugar, o Ginkgo protege contra os danos dos radicais livres e reduz a inflamação. Isso melhora ainda mais a circulação, mantendo o sistema cardiovascular em forma e também protege as próprias células nervosas.

Ginkgo Biloba: qual dosagem usar?

É recomendado que você tome um extrato padronizado para flavoneglicósidos a 24% e terpenelactonas a 6%, ou cápsulas da erva seca. Para prevenção, tomar 40 mg de extrato padronizado, ou 120 mg de cápsulas por dia, em doses divididas. Você pode levar até três vezes essa dose se tiver sintomas leves a moderados. Algumas pessoas notam uma melhora dentro de duas a três semanas após o início do tratamento, mas, na maioria dos casos, você precisa tomar Ginkgo por pelo menos três meses antes de aproveitar todos os benefícios.

Ginkgo Biloba: possui efeitos colaterais?

Gingko biloba é essencialmente desprovido de efeitos colaterais graves. Algumas pessoas relataram leves dores de cabeça por um dia ou dois ao iniciar a erva, e algumas pessoas relataram um leve desconforto estomacal. Não tome Ginkgo se você estiver em um medicamento para diluir o sangue, incluindo aspirina ou ibuprofeno, porque o Ginkgo pode aumentar o efeito de afinamento do sangue. Pela mesma razão, evite tomar Ginkgo por duas semanas antes de qualquer cirurgia, incluindo cirurgia oral.

 

Publicado em

Sal: O que você precisa saber sobre

sal-o-que-voce-precisa-saber-sobre-artigo-goldsnutrition

Hoje iremos falar sobre o famoso e polêmico sal, e como você deve fazer para consumi-lo da maneira saudável.

Sal: Informações sobre

Sabe-se que o aumento do consumo de sal na dieta pode ocasionar aumento dos níveis da pressão arterial, do risco de acidente vascular encefálico, doenças cardíacas e renais, de risco de pedra nos rins, osteoporose e câncer no estômago. E até mesmo entupir as certos vasos sanguíneos.

Sal e sódio não são sinônimos.

O sal da dieta tem 60% de cloretos e 40% de sódio.
1 g de sódio é igual a 2,5 g de sal.

Sal: A relação com a pressão alta

Vários estudos tem relacionado a hipertensão arterial com o consumo de sal. Por outro lado sabe-se também que o aumento da pressão arterial é um dos principais fatores responsáveis pela ocorrência de acidente vascular encefálico (derrame), além de estar relacionado a doenças isquêmicas do coração, como o infarto e angina.
Muitos estudos tem demonstrado que a redução do consumo de sal é muito importante para a saúde humana. Estudo realizado em 23 países onde ocorreu um aumento excessivo de doenças crônicas, uma redução de 15% do consumo do sal preveniu 8,5 milhões de mortes em 1O anos, enquanto que a redução do tabaco em 20% propiciou redução de 5.5 milhões de mortes.

Sal: Recomendações para um consumo mais saudável

A organização mundial da saúde recomenda que o consumo de sal deve ser menor do que 5 g por dia para indivíduos normais. Para hipertensos, no entanto, o ideal é consumir não mais do que 5g de sal por dia. Deve-se lembrar que essa quantidade compreende o sal colocado durante o preparo da comida é o sal contido dentro dos alimentos.

 

Publicado em

Goji Berry: O que é?

goji-berry-o-que-e-artigo-goldsnutrition-suplementos

Goji Berry: Sobre

Goji Berry, Lycium barbarum, tem sido usado com um chá tônico com a função de restaurar a energia em geral. O Goji Berry tem o poder de abaixar a pressão é o colesterol, melhora a visão, melhora a tontura para aqueles que sofrem de vertigem, ajuda com a menopausa, impotência e ainda ajuda a melhorar a função hepática e renal.

Goji é rico em fitonutrientes naturais e vitaminas, tais como:

  • Polissacarídeos
    Zeaxantinas
    Flavonoides
    Riboflavina 
    Ácido ascórbico
    Tiamina
    Monossacarídeos
    E mais 17 aminoácidos

Como você pode ver o Goji Berry é rico em nutrientes; ele pode ser ingerido em cápsulas, na forma de chás ou sucos.

Goji Berry: Atuação no sistema imunológico

Demonstrou-se que o Goji Berry afeta o sistema imunológico de maneira positiva, aumentando a função das proteínas do sistema imunológico. Além disso o extrato de Goji Berry aumentou a produção de linfócitos que é um importante glóbulo branco envolvido na imunidade. Alimente seu corpo com os nutrientes certos para impulsionar o sistema imunológico e seu organismo irá te agradecer combatendo o câncer e outras doenças.

Goji Berry: Propriedades antioxidantes

Todos os dias, nossos corpos produzem radicais livres prejudiciais que causam danos oxidativos em todas as células do corpo. Quando essas células são danificas, elas podem continuar se reproduzindo, causando todos os tipos de danos e câncer. O Goji Berry é rico em antioxidantes e estes antioxidantes podem ajudar as células do corpo a se proteger dos danos oxidativos dos radicais livres. Pesquisas recentes sugeriram que os danos dos radicais livres ao organismo podem causar envelhecimento prematuro, portanto o consumo de suplementos que possuem Goji Berry pode ajudar a desacelerar o processo de envelhecimento, Goji Berry é sua fonte para a juventude, pode te ajudar a vive mais e com uma qualidade de vida melhor, livre de doenças.

Goji Berry: Ajuda o metabolismo a se recuperar mais rápido

Outras pesquisas mostraram que o Goji Berry protege o DNA de danos e acelera a taxa de produção do DNA. Além disso o Goji Berry protege o fígado. Foi demonstrado que o Goji é um bom adaptógeno ajudando o corpo a se recuperar do exercício físico é a restaurar o glicogênio muscular.

 

Publicado em

Whey Protein: Proteína do Soro do Leite

Ingerir a quantidade certa de proteínas diariamente é essencial para que você obtenha o máximo de resultados e benefícios. Uma maneira cada vez mais popular de conseguir bater quantidades certas de proteínas diárias é através do uso do suplemento Whey Protein.

Hoje em dia não só atletas usam o whey protein, praticantes de todas as modalidades esportivas usam. E até mesmo quem não pratica exercícios físicos pode usar. Pois o whey protein associado ha um bom carboidrato, como aveia por exemplo, se torna um excelente substituto de refeição, mantendo seu organismo bem nutrido e disposto para o dia.

Whey Protein: O que é?

whey protein tem é derivado do leite de vaca e é também um subproduto da fabricação de queijo, que no passado era tipicamente descartado como um produto residual. Hoje sabemos que o Whey Protein é rico em aminoácidos essenciais para a construção de massa muscular magra e boa saúde em geral.

Whey Protein é oriundo da proteína do soro do leite, que é produzida durante o processo em que o leite é transformado em queijo. Também é encontrado naturalmente em produtos lácteos, ovos, soja e proteínas vegetais, mas nenhum deles se compara em qualidade, ao pó de proteína de soro de leite. Também tem uma pontuação alta no fornecimento de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) que são importantes na construção e retenção do músculo.

Embora a proteína também seja encontrada em outros alimentos, como carnes e vegetais, o Whey Protein é conhecida por ter os mais altos níveis digestíveis de proteína que o corpo pode usar.

Whey Protein oferece vários outros benefícios para a saúde, como um sistema imunológico mais saudável, ossos mais fortes, perda de peso e simplesmente um bem-estar geral melhor. Whey Protein também é usado para ajudar a acelerar a cicatrização de feridas ou queimaduras.

Whey Protein: Melhores horários para consumo

Whey é proteína em pó. Basicamente uma boa dieta deve conter uma quantidade significativa de proteínas. Sendo assim sempre que você não conseguir fazer uma refeição sólida tome seu whey protein para não deixar o corpo catabolizar sua tão preciosa massa muscular.

Os melhores horários para consumir whey protein é logo após o treino, em que seu corpo teve um desgaste físico e está necessitando de uma rápida fonte de proteínas.

Antes de dormir: faça sua última refeição com whey protein, para que assim seu corpo tenha proteínas disponíveis para recuperar o organismo do seu dia.

Whey Protein: Para que serve?

Além de ser pratico é um excelente meio de suprir as necessidades de proteína do organismo.Por isso é utilizado por pessoas e atletas que visam ou necessitam de aumentar a ingestão de proteínas em sua dieta

Whey Protein: Benefícios

  • aumento de massa magra
  • recuperação muscular
  • tonifica e enrijece
  • praticidade na alimentação
  • alto valor de proteínas
  • alta quantidade de b.c.a.a

Whey Protein: Como usar na dieta?

As quantidades de whey protein que devem ser usadas variam de organismo para organismo. Se você contar com uma nutricionista, peça a ela pra lhe auxiliar. Caso contrário, não tem problema. Uma pessoa normal, pode usar com padrão a porção de 0,4g de whey protein para cada Kg de peso corporal.

Exemplo: Indivíduo com 80kg de peso

80 X 0,4 = 32g de whey protein

Como você pode ver, a quantidade de whey protein a ser ingerida, vária muito de pessoa para pessoa.

Whey Protein: Contra indicações

Como o whey protein é derivado do soro do leite, ele contém lactose, portanto, pessoas que tem intolerantes a lactose, algum tipo de alergia as proteínas do leíte, não devem consumi-lo.

Whey Protein: Como tomar?

Depois de um período em jejum(ao acordar por exemplo) em que o corpo esta necessitando de proteínas imediatamente.E após o treino em que o corpo teve um grande desgaste físico ele esta necessitando de uma alta quantidade de proteínas.

Whey é proteína em pó.Basicamente uma boa dieta deve conter uma quantidade significativa de proteínas.Sendo assim sempre que você não conseguir fazer uma refeição sólida tome seu whey protein para não deixar o corpo catabolizar sua tão preciosa massa muscular.

 

Publicado em

Zinco: Como se beneficiar desse suplemento

zinco-suplemento-artigo-goldsnutrition
Suplementos de zinco fornecem um mineral muito necessário que é necessário para cada célula do seu corpo. O corpo é incapaz de produzir zinco sozinho, e é por isso que precisamos nos certificar de que ingerimos alimentos suficientes que contenham o mineral, bebam água suficiente ou usem os suplementos apropriados que darão às nossas células o zinco de que precisam.

Zinco: qual sua importância?

O zinco é muito importante, pois desempenha um papel crucial com centenas de processos no corpo humano. As funções mais importantes incluem o suporte do sistema imunológico, articulações, tecidos, além de auxiliar no crescimento celular. Suplementos de zinco também foram comprovados para eliminar a disfunção sexual, aumentar a função sexual, ajudar na saúde do cabelo e ajudar na cicatrização de feridas na pele.

Zinco: qual papel desempenha no organismo?

Não importa como você olhe, o zinco desempenha um papel importante na função da maioria dos nossos sentidos, que inclui a capacidade de sentir o gosto, o cheiro e também a visão. A pesquisa indicou que o zinco pode combater a perda de visão em caso de degeneração macular. A deficiência de zinco, por outro lado, pode levar ao entorpecimento das papilas gustativas, juntamente com a capacidade de detectar o cheiro.

Zinco: existe efeitos colaterais?

Embora o zinco seja uma vitamina essencial para os nossos corpos, tomar muito dele pode ser uma coisa ruim. A pesquisa provou que tomar mais de 100 mg por dia durante um período prolongado pode causar danos no sistema imunológico. Pessoas mais velhas, por outro lado, podem se beneficiar de tomar zinco se tiverem uma deficiência. O suplemento pode realmente ajudar as pessoas mais velhas a voltarem ao nível em que deveriam estar.

Zinco: cuidados a serem seguidos

Ao tomar suplementos de zinco, você deve sempre lembrar que o zinco pode interferir na absorção do cobre. Por essa razão, muitos especialistas recomendam que eles sejam considerados em conjunto. Qualquer um que tome um suplemento de zinco deve tomá-lo como parte de uma dieta bem equilibrada, para garantir que outras vitaminas e minerais trabalhem em conjunto com o zinco.

Zinco: saiba escolher

Se você escolher o seu suplemento com sabedoria, você não precisa se preocupar com nenhum problema. Você pode comprar suplementos de zinco na GoldsNutrition, online. Também não é caro, o que torna uma edição bem-vinda à sua dieta. Você deve sempre consultar seu médico se suspeitar que tem deficiência de zinco, de modo que ele ou ela possa dizer exatamente quanto de zinco você precisa diariamente. Desta forma, se você não está recebendo o suficiente em sua dieta normal – você pode obter os suplementos que você precisa.

[/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Publicado em

Ginseng Panax: o que é e o que faz

 

Ginseng Panax: o que é?

Ginseng é a raiz seca de uma das várias espécies da família de ervas Araliaceae. O tipo mais comumente usado é o ginseng asiático (Panax ginseng CA, Meyer), frequentemente vendido como ginseng Panax, chinês ou coreano. Intimamente relacionado ao ginseng asiático está o ginseng americano (Panax quinquefolius L.), que às vezes é preferido por seus efeitos mais leves. O ginseng siberiano, também chamado eleuthero (Eleutherococcus senticosus Rupr ex Maxim), não está tão relacionado aos outros dois e contém uma série de compostos não relacionados. Eleuthero também é considerado mais fraco em ação e é um ingrediente menos caro. Ginseng-contendo alimentos e suplementos alimentares são normalmente feitos de um pó ou extrato de raiz de ginseng.

Ginseng Panax: o que faz?

Ginseng é amplamente usado nos Estados Unidos para melhorar a energia e a vitalidade geral, particularmente durante períodos de fadiga ou estresse. Embora não haja muita evidência clínica para apoiar um efeito de aumento de energia, há estudos mostrando seu valor potencial na normalização dos níveis de glicose após as refeições em diabéticos, estimulando a função imunológica, tratando impotência masculina e, quando usado com Ginkgo biloba, melhorando a memória e sintomas de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em crianças. Acredita-se que os químicos vegetais chamados ginsenosídeos desempenham um papel na atividade do ginseng. Eles são considerados compostos “marcadores” para o ginseng, ou seja, sua presença (ou ausência) e seus perfis químicos podem indicar o tipo e a qualidade do ginseng em um produto.

 

Publicado em

Treino para Endomorfo

treino-para-endomorfo-artigo-goldsnutrition

Neste artigo iremos falar de treino para endomorfo.

Antes de falarmos sobre treino para endomorfo, preciso que você saiba que os endomorfos são pessoas que geralmente acumulam mais gordura corporal, tem estrutura óssea larga e forte e por isso levam vantagem em massa muscular e força.

Treino para endomorfo

os endomorfos devem focar em um treinamento que consiga acelerar seu metabolismo. Podemos dividir também em dois dias de treinamento, alternando grupos musculares grandes e pequenos no mesmo dia e mais vezes durante a semana. Os endormorfos devem treinar no mínimo 4 dias por semana, com objetivo de acelerar o metabolismo para que se consiga ganhar massa magra e queimar gordura ao mesmo tempo. Quanto mais treinar, melhor!

Treino para endomorfo: Quantas repetições fazer?

Os endomorfos devem fazer repetições altas entre 12 a 20. Uma boa dica para os endomorfos é priorizar os exercícios básicos como supino e agachamento esses exercícios movimento envolvem mais que uma articulação e recrutam um número maior de músculos, com isso seu organismo terá um gasto calórico maior. Exemplo: agachamentos e suas variações, supino e suas variações, desenvolvimentos, avanços, etc.

Endomorfo: Aeróbio

As pessoas que possuem o tipo físico do endomorfo devem sempre fazer aeróbio após a musculação para manter seu metabolismo acelerado, estimulando o seu organismo a usar sua gordura como fonte de energia. Isso só será possível com uma dieta específica para este biotipo